Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Episódio 12 - Será?

Em primeiro lugar queremos pedir desculpa pela ausência aqui no blog...sabem que com as aulas e  os testes não sobra muito tempo para podermos postar aqui, pois a criação destes episódios ocupa imenso tempo...para compensar hoje deixamos aqui um episódio repleto de emoções....

_________________________________________________

Estava um dia lindo de sol...O conde acorda e embebecido pom-se a olhar para a sua princesa adormecida e resolve chamar o Evaristo para trazer o pequeno almoço...Quando chega a bandeja ao quarto, ele acorda a Flor, que lhe fica agradecida por ele lhe trazer comidinha, pois ela e a sua bebé acordaram cheiiinhas de fome...

- " Flor, hoje tenho um convite para te fazer..." - diz o Conde.

- " Huum e o qué que o meu principe vai fazer hoje comigo?"

- " Tava a pensar num jantar romântico, à luz das velas, com musica, só nós os 2...o que dizes, meu docinho?"

- " Huuuum...deixa-me pensar...oh, é claro que eu quero ir...oh, tão querido que tás..."

- " Então fica combinado...Amorzinho, hoje tenho de ir às empresas Fritz tratar de uns negócios...não te importas de ficar sozinha?"

- " Claro que não...mas antes de ires dá-me um beijinho..."

- " Bem, Flor tu sabes quanto eu queria ficar aqui...mas tenho de ir...até logo à noite, princesa..."

Quando o Máximo sai do quarto, Flor resolve descer para baixo...de repente tocam a campainha e ao abrir a porta a Flor depara-se com nada mais, nada menos do que a Maria e o Sebastião!

- " Aii, que ri-fixe! Que saudades que eu tinha vossas..." - exclama logo a Flor.

- " Oh Flor nem sabes as saudades que nós tinhamos desta casa...a minha casa..." - diz a Maria, com olhar ternurento.

- " A Maria não deixava de falar em saudades de Portugal, por isso assim que tivemos opurtunidade viemos logo matar saudadinhas..." - diz o Sebastião.

- " Fizeram muito bem...então contem, como tem corrido as coisas para Inglaterra?"

- " Muito bem, Flor...consegui acabar o conservatório e agora faço concertos para plateias..." - diz a Maria.

- " Por mim, arranjei emprego como assistente pessoal do informático Bill Gates...e deleito-me a ir assistir aos concertos da minha rebelde...parece uma fada a tocar violino..."

- " Oh isso é magnifico...Parabéns a ambos..." - diz a Flor.

- " E tu, Flor? Ouvi dizer que a cegonha em breve vai tocar na campainha dos Fritz...conta tudo...já soube que era uma menina...fico muito contente...tu que já amas tanto os Fritz fará quando nascer a bebé...como é que ela se vai chamar?"

- " Ana Margarida, não é lindo o nome??" - diz a flor.

- " Flor é magnifico para uma princesa...- diz o Sebastião.

- " Bem Flor eu vou subir para matar as saudades dos meus manos!!"

Quando a Flor  volta a ficar sozinha, decide ir para o seu quarto, onde fala com a sua arvore...Quando anoitece ela decide ir vestir-se pois sabe que o seu principe chegará a qualquer momento...

 

 

foto de flor_estrelinha em 26-10-2007

 

 

- " Floor, cheguei..."

- " Finalmente, ah? nós estamos a morrer de fome..."

- " Desculpa minha Florzinha mas o Tomás fez mais uma traquinice no colégio e agora pus-o de castigo...ah e também conheci a Maria e o Sebastião..."

- " Huum, tabém...Deixas-me só ir à casa de banho?"

- " Sim claro...eu espero aqui..."

Flor dirige-se a casa de banho, mas algo a faz entrar no quarto do Máximo...de repente começa a fazer xixi pelas pernas abaixo e dá-lhe uma forte dor na barriga...Ela grita logo:

- " Máximo! Ai, ai o que se passa?"

- " Flor, as aguas arrebentaram-te...é agora que vai nascer o nosso rebento..."

- " Ai, ai, ai e agora...ai Máximo chama um médico..."

- " Tem calma Flor...respira fundo...AFONSO!"

- " O que que se passa?? A Flor vai ter o bebé agora..."

- " Aii, Afonso chama uma ambulância, um médico, um helicoptero, um jacto...aiiii" - diz a Flor a gritar.

O que achas que se vai passar no próximo episódio?

Beijinhos e comenta!!!

 

publicado por Inês £ Cátia às 22:11
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 14 de Outubro de 2007

Episódio 11- O nome da bebé...

 

- " Bem, bem, bem...é claro que nós temos de escolher o nome da nossa "pirralinha"...mas tende calma, meninos...ai, tou a ter uma ideia ri-fiixe!"

 

-" Diz Flor...as tuas ideias nascem como flores amarelas...- diz o Máximo.

 

- " Para com isso, senão eu derreto como o chocolate...Meninos e que tal hoje a seguir ao jantar virmos para aqui e discutimos futuros nomes para a nossa bebé, hãn?"

 

- " Sim, sim é claro que concordamos Flor...-dizem os miudos todos alegres.

 

 

 

- " Ó Máxi, nós também queremos ajudar...aliás eu vou ser tia, que giro, não acha mamã? - diz a Delfininha.

 

- " Ai, bebecas, vai ser tão divertido ter por aí uma pestinha à solta...- depois Magda fala mais baixo - um monstrinho feioso..."

 

- " Sim, sim é claro que podem ajudar, com todo o gosto" - diz o Máximo.

 

- " Meninos podem fazer o favor de subir para cima? Eu e o Conde temos de falar e muito a sério..."

 

- " Flor, florzinha eu fiz algo de mal?"

 

 

 

- " Nããão, não fizeste...apenas acabaste de convidar o "plantel" das bruxas para ajudar a essolherem o nome da nossa bebé...eu tou muito chatiada e triste contigo...eu não quero que elas nem sequer cheguem perto do nosso bebé...mas nunca imaginei, Máximo, que tu passasses para o lado delas...nunca..."

 

- " Flor, Flor..."- diz Máximo, mas ela já ia a subir a escadaria.

 

Flor resolve ir para o seu quarto, e, ainda super furiosa com o Máxi, resolve deitar-se para descansar as ideias...quando acorda depara-se com o Máxi a olhar para ela...ela salta imediatamente da cama e diz-lhe:

 

 

 

 

-" Ou tu saís do meu quarto, máximo augusto, ou eu chateio-me a sério..."

 

- " Flor, flor perdoa-me...foi sem querer...eu esqueci-me e além disso elas pareciam estar muito interessadas em ajudar..."

 

- " Elas são bruxas Máximo, ou seja: são manipuladores, mentirosas, cobras, ratos, tudo de mau nesta casa...e eu, Flor, não falo mais com o meu principe até ele resolver o problema..."

 

- " Então podes começar a falar comigo, porque eu já resolvi o problema..."

 

- " A sério?? Uau tu és mais rápido do que o vento...o que fizeste?"

 

- " Fui falar com elas e expliquei-lhes que elas não eram bem vindas na nossa "reunião" para escolher o nome...elas, claro, tiveram de entender..."

 

- " Ohh, Máxizinho lindinho...Eu já te disse que te adoro mt, mt, mt?"

 

- " Hoje acho que não...mas eu aproveito e digo que te amo muito, Flor...mas anda veste-te para irmos para baixo que a pequenada já está a espera..."

 

- " Ok, chocolate...vai descendo que eu vou já..."

 

Máximo desce e todos aguardam que a Flor desça para começarem a reunião...

 

Finalmente a Flor desce e começa logo uma chuva de nomes por parte dos irmãos Fritz...a Flor, claro, começa logo a ficar nervosa e muito baralhada...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- " Ó meninos, eu não tou a perceber nada...tenham calma..."

 

- " Va lá, um de cada vez, senão não nos vamos entender- diz o conde - começemos pelo Tomás..."

 

 

- " Bem, se querem uma miuda fixe e traquinha como eu...ah...e que tal Francisca?"

 

- " Aaah - dizem todos com cara de quem não gostou da ideia - é uma hipótese..."

 

- " Anda, Afonso, tu custumas sempre ter ideias muito boas...- diz a Flor.

 

 

 

- " E que tal Margarida, Flor? Não era o nome da tua mãe?"

 

- " De facto, Afonso é uma ideia muito boa, não achas Máximo?" - diz a Flor, com um sorriso de orelha a orelha.

 

- " Sim agrada-me a ideia...mas vamos ouvir mais sugestões...Martim, Rosa e Henrique não dão ideias??"

 

 

 

- " Flor, e que tal Rosa? Sairia uma menina muito bonita e gira como eu..."

 

- " Mas que convencida tás hoje Rosa...- diz o Tomás...

 

 

- " Eu adoro a ideia da bebé se chamar Margarida...-diz o Henrique.

 

- " Perem aí - diz o Martim, com ar pensativo - se Margarida é o nome da mãe da Flor, porque não pomos também o nome da mãe do Máximo? Qual é o nome dela?"

 

- " Ana, caro cavalheiro...e de facto é uma ideia muito boa e soa muito bem...Ana Margarida Valente Hoya...Gostas Flor??"

 

- " Se gosto?! Eu adoro...está ri-lindo o nome...oooh...nunca mais nasce a nosso ana margarida..."

 

Flor e Máximo festejam com um beijo.

 

Passado 3 meses...

 

_____________________________________________________________

 

Gostaste do nome da bebé??

 

E o que achas que se está a passar na mansão? Não percas o próximo espisódio...

 

Beijinhos!!!

 

 

 

 

 

publicado por Inês £ Cátia às 17:31
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 13 de Outubro de 2007

Episódio 10 - o que se estará a passar passado 4 meses?

Flor e Máximo acordam nos braços um do outro...De repente, a Flor dá um guincho e diz toda contente:

-" É hoje, é hoje...ih...ih...ih..."

- " Flooor" - diz o conde, com voz de sono - o qué que vai acontecer hoje?"

- " Tuu não te lembras? É hoje que nós vamos fazer uma ecografia...aii, vai ser ri-fixe!! Vamos ver o nosso bebé!!"

- " É verdade...Mas que dia maravilhoso este aqui...vou-me vestir...queres que vá ter ao teu quarto, Floribella?"

-" Sim, sim...eu vou-me vestir ri-depressa!"

Passado um bocado, Máximo vai ter com a Flor...

...e descem para baixo...Tomam o pequeno almoço à pressa e saiem disparados para a clinica, onde vão realizar a ecografia...

De repente, a Flor lembra-se de um grande disparate:

- " Máximo. o qué que vai acontecer ali dentro no consultório? Aiii, eles vão-me dar uma pica, não vão...aiiii, aiii, eu detesto seringas..."

- " Flor - diz o conde a rir-se - não te vai acontecer nada de mal..."

- " Tens a certeza, certeziiinha absoluta, máxizinho?"

- " Tenho...olha está ali a enfremeira a chamar-nos...Anda..."

Ambos caminham até o consultório e entrem, onde encontram o doutor à espera deles...

- " Bom-dia menina Flor e menino Máximo...Como vão as coisas?" - diz o médico.

- " Vão muito boas, senhor doutor...mas nós estamos muito ansiosos por realizar a ecografia...para sabermos o que nos espera no futuro..."

- " Muito bem...senhora Flor pode fazer o favor de se deitar aqui?"

- " Sim...olhe não me vai dar nenhuma pica, pois não??"

- " Ah, ah, ah...claro que não! Eu vou passar este gel na barriga para podermos ver o bebé neste televisor...e vamos começar...hum, hum...bem aqui está a vossa bebé...

 

 

- " Ai senhor doutor, é uma menina??!! Aii, uma florzinha...- Flor olha para a cara do Máximo - Não é a melhor noticia do mundo?"

- " ÉÉÉÉ , eu sou o homem mais feliz do mundo...já tenho uma Flor e agora vou ter duas..."

- " Bem menina o seu bebé está perfeitinho...Agora vemo-nos no parto e que corra tudo bem na gravidez..."

Ambos sairam do hospital...chegaram a casa, onde tinham todos os Fritz à espera de noticias...Flor exclama:

- " É UMA MENINA!!!"

- " Parabéns, Flor...Parabéns Máximo...- dizem todos ao mesmo tempo - bem agora só falta escolherem o nome do futuro bebé da casa Fritz..."

Bem. gostaram da novidade?

Não percam os próximos episódios!

beijinhos!!

publicado por Inês £ Cátia às 19:12
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 5 de Outubro de 2007

Episódio 9 - O que será aquele papel?

Episódio nº 9 ...

Máximo esconde de imediato o papel no meio de um livro que tinha com ele. Flor pergunta-lhe logo:

- " Máximo Augusto, o que me estás a esconder?" - diz ela com um olhar preocupado.

- " Nada, Florzinha, não é nada de importante..."

- " Não é nada?! - diz Flor toda xatiada - Sei lá, pode ser um bilhete de uma amante..."

- " Cuidado com o bebé...Prontos queres que te mostre?"

- " Já imediatamente, conde!"

- " Aaah...Como arranjaste essa foto minha?"

- " Foi o pequeno cavalheiro que ma deu...o...ah! Tomás Fritzwalden...um pequeno encanto de criança..."

- " Ai, condorzinho, desculpa a minha reacção, mas às vezes salta-me um parafuso e não digo nada de jeito!"

- " Bem agora que fico tudo esclarecido vamos almoçar fora e dar um passeio num belo jardim?"

- " Sim, senhor! Sempre às suas ordens, meu capitãozinho fofinho!" - diz Flor, com um olhar risonho.

 

- " As flores primeiro" - diz o cavalheiro Máximo.

Foram almoçar a um restaurante muito fino e depois seguiram para os jardins...

...à noite quando chegaram a casa, deparam-se com a Rosinha, mas a piralhinha ri-se para eles e foge para o quarto da pequenada...

- " Não é melhor falares com ela?"

- " Depois, depois...olha tenho uma supresa para ti..."

- " Hum, sabes que eu também? Mas que coincidência..."

- " Bem, eu volto já, já, condorzinho de chocolate..."

Flor sobe ao quarto e veste um belo vestido branco...desce de novo para a sala e vé o seu amado com a mão atrás das costas...

- " Flor, florzinha, flor tu estás...maginfica..."

- " Obrigado meu condorzinho...O que me estás a esconder atrás das tuas costas?"

- " Flores para a mais bela das flores..."

- " Oh, e amarelas...eu amo flores amarelas..."

 

 

E dançam pela noite dentro, ao ritmo de baladas romanticas...

Passado 4 meses...

O que acahas que se está a passar na casa dos Fritzwalden??

Não percas o próximo episódio...

p.s hoje já vou mudar o visual do blog...

publicado por Inês £ Cátia às 14:16
link | comentar | ver comentários (5) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Episódio 16 - E o Natal c...

. Episódio 15 - Uma estrela...

. Episódio 14 - A casa Frit...

. Episódio 13 - Agora é a v...

. Episódio 12 - Será?

. Episódio 11- O nome da be...

. Episódio 10 - o que se es...

. Episódio 9 - O que será a...

. Episódio 8 - Será que a D...

. Episódio 7 - Depois da co...

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds